Loading...

terça-feira, 5 de julho de 2011

Excelentes tardes de domingo

Meu, quanto ouvir e pular esse som nas tardes de domingo no Bahamas. Eramos uma enorme galera, em sua maioria estudantes do Colégio "Zélia Scharf".  Nos encontrávamos e saíamos em bandos  rumo ao point da galera, que ficava ali na esquina do calçadão com a Nereu Ramos. Eramos uma mistura de grunge com punk, queríamos protestar contra a ordem e usávamos da nossa juventude com nossas vestimentas e atitudes, além querer fazer muito barulho, principalmente com o som que ouvíamos. 


The Clash era uma banda inglesa que fez muito sucesso nos anos de 1970 e 1980, seu som era tocado em ritmo alucinante e não deixava ninguém ficar parado. As letras das músicas da banda eram carregados de ideologia política de esquerda. Joe strummer (Vocal e guitarra) foi militante de esquerda. O Clash foi a banda pioneira em música de protestos e engajada com causas políticas e libertarias como o antirracismo e antinazismo, fazia músicas denunciando as mazelas do capitalismos com sua exploração e alienação das classes trabalhadoras. Fico muito satisfeito em contar sobre isso, por mais que pareça que eramos um bandinho de consumistas e rebeldes sem causa como muitos nos chamávamos, mas eles estavam errados. Não eramos organizados e com direção política, mas sabíamos exatamente contra quem protestar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário