Loading...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Indígenas, Pequenos Agricultores e Vereador Mentiroso

A questão vem ganhando destaque cada vez mais na sociedade chapecoense, trata-se da suposta criação de uma nova reserva indígena na cidade de Chapecó, que o vereador Badá foi o primeiro a se declarar contra e promover debate preconceituoso nas redes sociais. Recentemente o secretário de agricultura de chapecó esteve na Rádio Índio Condá para prestar desesclarecimentos a população sobre os fatos. Vamos aos fatos:

Primeiro: ele disse e reafirmou que existe um estudo antropológico reivindicando a criação de uma área indígena que abocanharia 37% do território da cidade.  Essa área começa la no rio Uruguay e vai até o aeroporto municipal, ou seja, é terra pra chuchu. Por lá moram cerca de cinco mil pessoas, em sua maioria pequenos agricultores. Mas o problema é que não existe estudo antropológico nenhum, não existe demarcação ou delimitação de tamanho de terra em lugar nenhum. Eu gostaria de saber, Por que estão fazendo esse tipo de terrorismo com a população chapecoense e com os pequenos agricultores daquela região? quais seriam os reais interesses destas pessoas?

Segundo: Conforme o coordenador regional da Funai em Chapecó em recente entrevista na Rádio Índio Condá, afirmou que a população indígena tem aumentado nos últimos anos e por isso necessita de maior espaço para se acomodar. Como qualquer categoria ou minoria reivindica os seus direitos. Estamos diante de uma necessidade real e concreta, não podemos ser simplista e politiqueiros ao sairmos afirmando ser contra isso ou aquilo. Temos que fazer o debate e procurar atender todas as demandas da melhor forma possível.

Preconceito contra o Índio, todos sabemos que no Brasil existe um grande preconceito contra todos os tipos de minorias, mas no caso dos índios ele é bem maior, a maioria das pessoas tem dificuldade em aceitar as diferenças, pensa que o seu modo de vida é o correto e o modelo a ser seguido, quem não cumpre essa máxima fica de fora e é discriminado. A maioria pratica isso de forma cultural, esta enraizado no pensamento médio da população brasileira.

Sobre a Tutela do Estado, essa questão do preconceito se "acentuou" também por culpa do Estado brasileiro quando institui a tutela aos índios, que significa que eles não falam nem andam por conta própria, tudo que eles desejam, pensam ou almejam será ditado pelo estado. Em síntese, eles não precisam trabalhar e nem tomar decisões, nós faremos por eles. Isso não existe mais, ainda bem. A Funai tem o papel de planejar e atuar em conjunto com as lideranças indígenas em suas escolhas e caminhos de superação de obstáculos. 

Vereador Mentiroso, Pra que serve um representante parlamentar? sabemos que a categoria política não anda muito bem avaliada no Brasil, e também não é pra menos né. Tem casos e casos de corrupção, escândalos financeiros até abusos sexuais com menores. Em Chapecó os casos mais sérios são de vereadores acéfalos. sim eu disse isso mesmo, trata-se de pessoas que não possuem o mínimo de instrução política, social, cultural  e vivência para poder intermediar os conflitos que uma sociedade capitalista desigual promove todos os dias. Representante tem que ter o tato e enxergar longe, propor soluções viáveis e que integrem todos os segmentos. Fazer o que o vereador Badá fez, envergonha o eleitor chapecoense, ele se promove em cima do pensamento medíocre e atrasado de parcela da população que é preconceituosa em relação aos índios. E o pior é que ele se promove em cima de algo que não existe. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário