Loading...

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Censura rola solta em Chapecó.

Dois casos aconteceram em chapecó que caracterizam censura de opinião. Um se trata de vídeo retirado da rede, de forma "estranha" o programa  unowebtv da Unochapecó denominado Crônicas da Resistência foi retirado do sítio da universidade. O Programa fez a cobertura do ato público promovido pelo Fórum dos Movimentos Sociais de Chapecó  que teve como principal questão a cobrança por esclarecimentos sobre o assassinato do vereador Marcelino Chiarello, as bandeiras do ato contemplavam ainda o pedido por paz, democracia e a favor da vida.

O vídeo exibido ficou bom, com linguagem simples, jovem e direta. Nenhuma personalidade ou figurão político foi entrevistado ou apareceu no vídeo, nenhuma conotação político partidária é possível detectar no vídeo, as pessoas que se manifestaram foram espontâneas e demonstravam insatisfação com o que esta ocorrendo na cidade, qual o problema nisso? O apresentador fez menção ao que esta ocorrendo no mundo em relação a manifestações, disse que chapecó não é uma ilha isolada e que as pessoas também foram as ruas, onde esta o problema nisso? O vídeo circulou nas redes sociais e a galera da esquerda compartilhou, curtiu, comentou, gostou, questionou, concordou e discordou. E daí? Não foi só o povo da esquerda que compartilhou. Será que é por esse motivo? 

Outro caso foi a demissão do colunista Herman Gomes Silvani do Jornal Voz do Oeste. O Niko como é conhecido, toca na banda epopéia, é professor de História e meu amigo há mais de 20 anos. Sujeito simples, que gosta de uma boa prosa, tomar um vinho, ficar com os amigos de bobeira falando sobre livros, música, arte e política. Incomodado com a sociedade moralista em que vivemos, critica os mais moralistas e os seus valores, procurava mostrar que muitas vezes os próprios moralista se contradizem em seus dogmas e conceitos.

Mas enfim, o cara escrevia artigos sobre valores éticos, morais, sobre política e alguns devaneios de filosofo por adoração, fez muitas críticas ao modo como a prefeitura faz propaganda de suas ações. Nada de mais, nada que não possa ser tolerado. Era uma opinião discordante, só isso. E como fica a democracia sem as opiniões discordantes? Pois mandaram pra rua, pra mostrar quem é que manda e pra dizer o que pode e o que não pode ser escrito, falado, comentado ou compartilhado na cidade. 

Chapecó com quase 200 mil habitantes, perdi as contas de quantas universidades, Rádios, TVs, Jornais impressos, uma cidade que "acelera" não pode se dar ao luxo de viver como há 60 anos atrás. O mandonismo coronelístico ja devia ter terminado e não falo isso só por que tenho interesse direto na questão que é a retomada do comando da prefeitura e pela minha própria existência. Falo porque a cidade precisa se abrir, precisa crescer, ter paz, segurança, alto estima, as pessoas precisam respeitar opiniões divergentes, conviver com as diferenças, somos uma mistura de negros, índios e brancos. Esse pensamento elitista e preconceituoso não vai nos levar para um lugar melhor. Chapecó precisa mudar, a imagem que fazem de nós não é boa, mas as práticas cometidas aqui são bem piores. 

9 comentários:

  1. Acontece isso em demais cidades da região professor....

    ResponderExcluir
  2. Não que eu esteja sabendo. e olha que viajo pela região.

    ResponderExcluir
  3. Posso passar adiante esse post, colocando-o no meu blog, com os devidos créditos?

    ResponderExcluir
  4. Chapecó está sitiada por meia duzia de bandidos,ladroes,corruptos,matadores,malfeitores etc.etc.
    Tem tanta sujeira debaixo desse tapete "preto",mas tanta sujeira...

    ResponderExcluir
  5. sou leigo em alguns assuntos, mas agora que li o post, percebo o que vejo na tv local, nas duas principais emissoras de chapeco, so mostram o problema superfolo da cidade: o burraco que não foi fechado na rua tau... dai uns dias vão la com e mostram o burraco fechado, com um "puxa saco do prefeito", falando abobrinha como se fosse um gravador. sem falar do jornal escrito, que da nojo de ler, pois e so se fala de vereador que fez indicação de tal lei, que fez um pronunciamneto sobre tal assunto... ta e dae... cada imprenssa invetigativa, que vai atras das coisas.... olha chapeco é um prato cheio pra esse tipo de imprenssa... vale mais:
    . vender jornal ou
    . ser um jornal vendido pra qualque politico ou outra coisa...
    bem pra termina, pra ser prefeito em chapeco e facil, e so ter amigos empresarios (para esses te ajudarem a ajudar os necessitados de cco), ser apresentador de um jornal na tv, dale pau na prefeitura,e depois se elejer prefeito, pronto.. vc e o mais novo prefeito de cco...
    te mais

    ResponderExcluir
  6. Graças a Deus consegui voltar a estudar em Floriaópolis. Adoro essa terra, mas me envergonha certas coisas que acontecem por aqui. Tenhamos calma, essa página virará com certeza.

    ResponderExcluir
  7. Olha, meu Camarada!!! Eu, sinceramente, só vejo uma única possibilidade de nós acabarmos com esses exemplos de Mandonismos, Banditismos, Ladroagens,Malfeitos, Matadores,Corrupções, etc., que é povo se organizar, e já nas próximas eleições, dar um Basta(ou um BOSTA!)para essas mesmas pessoas que se perenizam no Poder. E eleger um PROJETO verdadeiramente DEMOCRÀTICO , PARTICIPATIVO e POPULAR...

    ResponderExcluir