Loading...

sábado, 12 de maio de 2012

Mais uma volta ao redor do Sol!

Depois de algum tempo sem escrever neste espaço, aqui estou novamente para exercitar e refletir um pouco sobre a passagem de mais um ano de vida. São 36 voltas ao redor do astro rei, abordo dessa nave chamada terra, viajamos no espaço rodopiando. Nada mais justo do que viajar e rodopiar por aqui também...

Chego aos meus trinta e seis anos com boa saúde, bons e vários amigos, trabalhando com o que gosto e com a dedicação sempre renovada em busca da realização de sonhos coletivos e pessoais. Não perco a esperança e acredito ser possível ver e viver em um mundo mais humano, que valorize as pessoas, o conhecimento, a igualdade e o sentimento de solidariedade.

Minha trajetória, para quem me conhece, sabe que se desenvolve em duas vertentes. A primeira é em casa mesmo, como tinha que ser. Sou o segundo filho de dona Marli, que teve seis biológicos e adotou um, a estes ja se somam três netos, uma neta e um bisneto. Minha mãe uma pessoa simples de pouco estudo, em teoria me ensinou pouco, mas em exemplos de vida e dedicação ela é incomparável. Me mostrou que tem um coração e sentimento de ajuda aos menos favorecidos que desconheço na maioria das pessoas. Presenciei por dezenas de vezes, ela ajudando idosos, crianças, mendigos... pode não parecer nada de mais, mas isso me marcou muito e carrego comigo essa mesma vontade em ajudar e colaborar para amenizar a dor, o frio, a fome e as angustias dos menos favorecidos.

Talvez seja, por essa experiência doméstica, que eu tenha me filiado ao Partido Comunista. No início ainda bem jovem, rebelde um pouco, meio punk... gostava de agitar e sendo jovem gostava de me contrapor a ordem estabelecida. Mas o tempo passou, e ja fazem 18 anos que pertenço as fileiras do Partido. Durante esse tempo aprendi a entender as relações de poder na sociedade, compreendi que existem classes sociais e que uma explora a outra e que é preciso lutar para mudar a realidade. Fiz muitos amigos e percebi que faço parte de uma rede que envolve pessoas do mundo todo, que lutam e buscam a construção de uma sociedade mais humana, com menos dor, frio, fome... como minha mãe fazia, do jeito dela é claro, sem teoria ou militância política... fazia por que entendia que era certo fazer... eu continuo esses passos...

Gosto de estar sempre de bem com a vida, e quem não gosta? Gosto de curtir os amigos, organizar jantinhas com conversas intermináveis, praticar esportes para manter a forma física que não é la essas coisas e manter a mente sempre saudável. Faço muitas leituras, exercitar a mente é sempre bom e necessário. Gosto muito de paquerar... namorar... apesar de nada muito sério no momento,  se bem que esse momento ja ta durando faz um bom tempo... mas enfim, a vida é assim, não reclamo e nem tenho do que, ela é muito boa por sinal, vale a pena viver e que venham muitos outros anos pela frente. 


Um comentário:

  1. dizer o que? esse é o Sergio!! grande amigo! saúde sempre ao comuna.. a luta é nossa! 'a felicidade só existe quando compartilhada!' Thoureau.

    ResponderExcluir