Loading...

domingo, 24 de junho de 2012

Eleições municipais em Chapecó

Estamos a uma semana de se inciar mais campanha eleitoral em Chapecó. Até o momento dois blocos de Partidos se articulam para disputar o pleito. Um representando o continuísmo de um projeto político eleitoral que ja dura oito anos, ao redor desse projeto concentram-se as forças mais a direita da cidade. Grupos empresariais e da comunicação garantem uma boa sustentação. O Outro pólo da disputa é composto pelos partidos de centro-esquerda e esquerda, o chamado campo popular.

A disputa tende a ser acirrada e muito disputada. O Grupo da continuidade ja bateu o martelo e tem José Caramori (PSD) como candidato a prefeito, seu vice é Luciano Buligon (PMDB) a estes se somam mais 15 (quinze) legendas partidárias, a maioria de pouca expressão política. A coligação terá um grande tempo de TV e pelo que se comenta na cidade, vão gastar muita grana para tentar a reeleição. Esse grupo tem um projeto de poder e usa da prefeitura para enriquecimento próprio, são vários os indícios apontados pelo Ministério Público de desvios de dinheiro e desmandos na administração.

Porém, é necessário dizer que a cidade vive um grande momento. E todos sabemos que esse bom momento se deve a política econômica nacional, o Brasil voltou a crescer e a gerar empregos, o governo federal tem investido cada vez mais em vários setores da economia nacional e isso tem refletido positivamente aqui em Chapecó. O Brasil acertou o passo e Chapecó vai junto.

E o grupo da oposição? bem, esse conta com um número bem menor de Partidos e esta costurando uma possível aliança, que seja viável e reúna forças para vencer o pleito. É comum encontrar pessoas que se interessam pela política de alianças e estejam interessados na vitória da esquerda afirmar que para ganhar esta eleição a união entre PT e PCdoB é fundamental, falam ainda que o Candidato a prefeito deve ser o Claudio Vignatti (PT) (na eleição para o senado ele fez mais de 63 mil votos em Chapecó) e o seu vice seja Cesar Valduga do PCdoB. Mas até o momento estes não são os nomes definidos por estes Partidos.

O Candidato proposto até o momento é o do Deputado Federal Pedro Uczai (PT), um excelente orador, homem de raciocínio rápido, entre os nomes colocado é que detem maior conhecimento teórico. Mas lhe falta carisma e popularidade junto a população das classes C e D. Penso que ele pode sim, vir a vencer o pleito eleitoral, mas tenho que concordar com a maioria de que com o Claudio Vignatti a vitória da esquerda estaria mais próxima. Temos até o dia 30 de junho para definir os candidatos, nos resta aguardar e torcer para que as mentes brilhantes acertem nas escolhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário