Loading...

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O Desejo da elite e o poder econômico em Chapecó

A disputa política em Chapecó foi noticiada como resolvida antes mesmo de começar o pleito, em tese eles acertaram, mas serviu também para mostrar que os Partidos de esquerda estão mais vivos do nunca. Pedro Uczai foi muito bem votado e ultrapassou a marca dos      45.500mil votos, é a primeira vez na História que um candidato de esquerda alcança esse feito. Pedro Uczai do PT reuniu em torno de sua candidatura partidos como o PCdoB, PV e PDT que compôs com Elza Fortes de vice, ela teve um bom desempenho. Somaram-se ainda outros cinco Partidos menores. 

A outra coligação, liderada pelo atual Prefeito José Caramori (PSD) reuniu em torno de si 16 Partidos políticos, entre eles cabe destaque o PMDB, PSDB, PR, PTB, PP, PSB e DEM que são considerados grandes e médios. Essa coligação resultou em quatro chapas de vereadores, mais de 130 candidatos, forneceu 20 minutos no horário eleitoral gratuito e uma mega estrutura de campanha. Teve a seu favor o bom momento da economia nacional e a boa avaliação da administração. 

Pedro Uczai esteve em desvantagem em quase todos os quesitos que são determinantes para definir a vitória ou a derrota em uma eleição. A mais contundente de todas foi a questão econômica. O Candidato Caramori comprou todas as capas dos Jornais, colocaram apresentadoras da RBS, apresentaram pesquisas que não se comprovaram, seus candidatos a vereadores realizaram centenas de churrascadas e cervejadas, tentaram de todas as formas, através do poder econômico nos impôr uma derrota vexatória. Mas não conseguiram.

Não conseguiram, por que mesmo em desvantagem, fizemos uma bela campanha, ganhamos na empolgação e no entusiasmo da militância, nosso candidato foi melhor em todos os debates, nosso programa de TV foi melhor, fizemos uma campanha com a alma e com o coração. Mostramos a eles que uma campanha não é feita apenas com dinheiro, é preciso consciência e pessoas disposta a trabalhar pela camisa, dar o suor para ver um resultado melhor e foi assim que fizemos. Por isso, tenho o maior orgulho e prazer em dizer que tivemos uma vitória Política ao deixar uma diferença pequena e não como eles propalavam e desejavam. 

Um comentário:

  1. Belas palavras companheiro Sergio. Mas quero deixar o meu sentimento exposto aqui. No meu querido município de Nova Erechim a tentativa foi a mesma. Um grande empresário de Águas Frias despejou uma quantidade absurda de dinheiro para comprar a eleição. Não conseguiu. O povo de Nova Erechim não abandonou o PT e o PMDB. O prefeito Volmir Pirovano e o vice Milton Tomasi tiveram uma vitória de lavar a alma. Onde muitos acreditavam na derrota 1.747 pessoas (52,43% dos votos válidos) não desistiram. Pesquisas compradas pelo candidato do PSD e noticiadas pelo Jornal Sul Brasil apontavam vitória deste mesmo candidato, mas as urnas provou que as pesquisas verdadeiras eram as da Coligação Para Seguir Mudando, onde apontavam vitória do PT. O que eu destaco é a força da militância, a vontade de fazer política e o caráter do povo novaerechinense que pegou o dinheiro da compra dos votos, mas votou no 13, votou na ética, responsabilidade e vontade de fazer um Nova Erechim ainda melhor para todos. O sonho continua vivo.

    OBS: Tentaram matar o presidente e um candidato a vereador do PT, também não conseguiram. Isso é que eu chamo de incompetência.

    Ass: Alex Uberti

    ResponderExcluir