Loading...

terça-feira, 12 de março de 2013

Renúncia do Papa, Morte de Hugo Chávez e o Gramado da Arena Condá

Faz um tempo que não passo por aqui para escrever alguma coisa... acho que a falta de vontade em escrever e publicizar algo está me vencendo. Apesar de escrever pouco, eu sou meio chato e insisto em dar minhas opiniões, meu ego consciente diz que preciso fazer assim e eu faço. Enfim, escrever e refletir é preciso, aqui ou no meu caderninho que está ficando cheio de coisas mais intimas... Penso que estou amadurecendo... é a vida que vai passando e deixando marcas.

Muitos acontecimentos andam acontecendo mundo a fora. Na Europa o Papa renunciou, muito se fala dos reais motivos que o levaram a tal decisão, é certo que o Vaticano concentra muito poder religioso, mas tem também poder político e econômico, o que por si só já é o suficiente para levar grupos rivais a disputas intermináveis e até mesmo a guerras.  Mas para facilitar a vida do Papa, muitos bispos ao redor do mundo estão envolvidos em escândalos de pedofilia, homossexualismo e desvio de dinheiro. Situações que para um Papa conservador devem ter sido mais que terríveis... mas isso não explica sua saída. E o pior, o que vem pela frente com o novo Papa? mais conservadorismo e discursos ideológicos? ou vai encarar a real situação e trazer a Igreja para o século XXI? Duvido! Isso não ocorre nem pela graça de deus.

Na Venezuela, Hugo Chávez morreu. Foi um grande homem e governou com um grande sonho: Unir os povos latino-americanos, governou para os pobres e com os pobres, que depositaram nele toda a sua confiança. Estatísticas internacionais apontam que a miséria e a pobreza diminuíram pela metade em seu governo. A elite não gostou, a mídia que é a porta-voz da elite fez dele o diabo em pessoa.  É certo que ele deve ter cometido vários erros, na nossa vida pessoal cometemos erros e olha que as vezes temos que cuidar apenas de nós mesmos. Imaginem governar um país que foi saqueado pela sua própria elite com o apoio da elite norte americana? ter os EUA como opositor, mais toda a elite européia e latino americana. Ele cometeu bobagens e muitos erros, todo mundo sabe, fez discursos atrapalhados e a mídia gostava de pegar no pé dele por isso. Mas ele não esqueceu de uma coisa, do seu povo, do povo pobre e sofrido, dedicou toda a sua vida para melhorar a vida desse povo e por isso é tão amado e querido entre os venezuelanos.

Aqui em Chapecó coisas interessantes também acontecem, nossa imprensa fez a cobertura das ações do governo municipal. José Caramori foi visitar o campo da Arena Condá, levou uma boa turma de comissionados da prefeitura com ele. Constatou-se que o gramado do campo segue crescendo. A notícia foi destaque em todos os jornais de circulação local, matérias de capa e grandes análises sobre o crescimento do gramado. José Caramori está contente com a sua terceira visita ao gramado, disse que pretende retornar novamente no mês seguinte para ver se a grama continuará crescendo, e claro, ter novamente todo o destaque na imprensa, pois não é em qualquer lugar que se tem uma imprensa tão babo ovo como está. E assim a vida segue...

Nenhum comentário:

Postar um comentário