Loading...

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Atitude Irresponsável no Ato da Juventude

Qual atitude foi mais irresponsável? Uma emissora de TV fez a cobertura da manifestação da Juventude (Jornada de Lutas) ocorrida no dia 17/04. Criminalizou a manifestação, mostrou uma janela com escritos pejorativos e um desenho de uma planta proibida,  uma vidraça quebrada e papeis espalhados pelo chão, chamou todo mundo de baderneiro. Retratou uma atitude negativa do ato.

Não falou que mais de dois mil Jovens estiveram reunidos em Defesa da Educação, que apresentaram mais de 20 pontos de reivindicação por melhorias no ensino, no emprego, na renda, entre outros. Não falou que se tratava de um ato de cidadania, que se tratava de uma atitude positiva e afirmativa, que serve para a boa formação do sujeito com autonomia, respeito e responsabilidade. 

Os pais, os diretores de escolas, os professores, os outros alunos que não participaram da manifestação ficaram sabendo apenas pela mídia o que aconteceu. Souberam apenas um décimo do que aconteceu, e a partir disto que souberam, formaram sua "opinião" e repreenderam severamente os que participaram da mobilização. Foi uma atitude covarde dessa emissora. 

Os jovens repreendidos tiveram seu ato de coragem, ousadia e cidadania roubado pela imprensa, foram transformados de cidadão com atitudes a delinquentes. Seus colegas tiram onda na escola, seus diretores e pais fizeram várias restrições. Eu pergunto, quem vai pagar por estes danos causado a estes jovens? Por que é tão perigoso que a juventude Pense e se mobilize? Quem vai devolver o brilho, a alegria contagiante, a atitude positiva que manifestaram naquela manhã, mas transformada em baderna por uma canal de TV? É assim que eles educam nossos jovens? 

2 comentários:

  1. Abaixo a mídia que alienia o povo frente ao verdadeiro inimigo.

    ResponderExcluir
  2. Como já disse uma moça no Facebook: porque mais de 2000 jovens não contiveram a atitude de 3 ou 4 baderneiros? Como querem mudar o mundo, se não são capazes de mudar o colega de causa que está ali, ao lado?
    Caráter não tem desculpa. Não tem hora. Não tem meio-termo. Ou é sim, ou é não.

    ResponderExcluir