Loading...

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

NA TERRA DOS CORONÉIS É ASSIM...


A elite banca o prefeito, o prefeito banca a imprensa e a imprensa diz que a culpa é da oposição. Para a elite chapecoense, para os mandatários do poder executivo e para boa parte da imprensa local, qualquer critica que surja em relação a má administração municipal é vista e classificada como ação da oposição PT-PCdoB. 


A primeira ação é blindar o prefeito, filtram a informação de denúncia e garantem ao prefeito um amplo espaço de defesa. O único jornal de circulação diária que publicou a decisão do Juiz que decretou bloqueio das contas e dos bens do prefeito Caramori, do coordenador geral Efapi Américo do Nascimento Júnior e dos proprietários da empresa GDO foi o Diário do Iguaçu, os demais se fizeram de morto, lançaram em suas capas a proximidade do acesso a série A pelo time da Chapecoense. 

A segunda ação é querer classificar o promotor de justiça Jackson Goldoni e o juiz de direito Selso de Oliveira como "petistas" numa clara tentativa de desviar o foco e desacreditar as investigações. Para isso, eles contam com diversos colunistas políticos, sociais e esportivos que rasgam o verbo e tentam de todas as formas desqualificar qualquer pessoa que ousar emitir opinião contrária aos mandos e desmandos da atual gestão municipal. 

O MP está trabalhando, cumprindo o seu papel e é isso que todos nós cidadãos queremos que ele faça. A acusação do MP sobre a Efapi 2013 é embasada em fortes indícios de favorecimento e direcionamento no processo de licitação dos shows. 

O prefeito Zé Caramori deu entrevista na rádio super condá e afirmou que os procedimentos de contratação para os shows da Efapi 2013 são os mesmos utilizados nas edições de 2011 e 2009. Ou seja, se temos problemas na edição deste ano é certo que temos os problemas nas duas edições anteriores. E aí? Vão dizer que o Zé também é "petista". Ele fez uma denúncia. O promotor de justiça Jackson Godoni entendeu assim e afirmou que vai investigar as edições anteriores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário